Felix é um cão SRD que aos 7 anos de idade apresentou sinais clínicos e laboratoriais característicos de um quadro de insuficiência renal crônica.  A análise clinica demonstrou que o animal apresentava um quadro de polidipsia (aumento do consumo de água), poliúria (micções mais frequentes), perda de peso, vômitos, diarréia, mucosas descoradas, mau hálito (hálito urêmico), abdômen tenso à palpação, temperatura retal de 39 ºC e fraqueza. Os exames laboratoriais realizados incluíram hemograma completo e bioquímico. Os dados do hemograma revelaram um quadro de linfopenia enquanto o quadro bioquímico apresentaram níveis de ureia em 287 mg/dl, e creatinina 4,71 mg/dl, sendo os valores de referência 21,4 a 59,92 g/L  e são 0,5 a 1,5 mg/L respectivamente. Estes índices são característicos do estágio 3 da IRIS. Foi prescrita a ração renal canina a qual apresenta menor teor de proteína, fósforo e sódio, objetivando reduzir a carga de trabalho dos rins, e administração de soro por via endovenosa (fluidoterapia), 3 vezes por semana, objetivando uma maior volemina e reestabelecimento dos equilíbrios eletrolítico e hídrico. Após duas semanas os índices de ureia e creatinina se reduziram aos valores de 168 mg/dl, e creatinina 3,61 mg/dl respectivamente, os quais se mantiveram estáveis nas duas semanas seguintes. Com a manutenção dos valores optou-se pela realização da terapia com células-tronco da CELLTROVET. Uma semana após a aplicação Felix demonstrava estar com um exelente apetite se deslocando naturalmente, ou seja, correndo e pulando. 30 dias após o termino da terapia Felix apresentava um ótimo quadro clínico tendo os indices de ureia e creatinina atingido os valores de  62 mg/dl, e creatinina 1.32 mg/dl respectivamente. No mês seguinte a fluidoterapia foi reduzida a 2 vezes por semana sendo nos dois meses subsequentes reduzida a 1 vez por semana. Hoje Feliz apresenta um quadro clinico e laboratorial dentro dos padrões de normalidade não sendo mais submetido a fluidoterapia.

Os resultados obtidos com a terapia com células-tronco da CELLTROVET não garantem que Felix  não possa retornar a apresentar, no futuro, um quadro insuficiência renal crônica.

A CELLTROVET gostaria de lembra-lo que semelhante a outras opções de tratamento, nem todos os animais respondem satisfatoriamente a terapia com células-tronco.

Para maiores informações acesse o nosso site: http://celltrovet.com.br

Dr. Enrico Jardim Clemente Santos – MSc/PhD

Atua na área de células-tronco a mais de 20 anos

SRD 3

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>